Infecções por superfungos devem se tornar mais comuns, diz pesquisador

Infecções por superfungos devem se tornar mais comuns, diz pesquisador

As infecções hospitalares causadas por fungos multirresistentes devem se tornar cada vez mais comuns, segundo o pesquisador do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo João Nóbrega de Almeida Jr. “Se existe a superbactéria, existe o superfungo também”, disse o especialista que atu...
Pesquisa identifica atividade neuronal essencial para memorização

Pesquisa identifica atividade neuronal essencial para memorização

O cientista francês Michael Zugaro é diretor de pesquisa do instituto francês CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Cientifica). Ele é responsável pela equipe “Ritmos Cerebrais e Codificação Neural da Memoria”, um campo da Ciência que visa compreender, entre outras questões, como as atividades elétricas...
Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes

Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes

O câncer é a segunda causa de morte entre crianças e adolescentes de um a 19 anos no país, atrás apenas das mortes por acidente. Entre as doenças, é a que mais mata nesta faixa etária. Para 2019, são esperados mais 12,5 mil novos casos. A boa notícia, entretanto, é que, em crianças, o potencial de c...
Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola

Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola

Gestores municipais de saúde e de educação deverão indicar as escolas públicas para participar do novo ciclo do Programa Saúde na Escola (PSE). O prazo para que isso seja feito começa hoje (19) e vai até o dia 15 de fevereiro de 2019. As escolas credenciadas deverão desenvolver 12 ações envolvendo ...
Infecções por superfungos devem se tornar mais comuns, diz pesquisador

Infecções por superfungos devem se tornar mais comuns, diz pesquisador

Pesquisa identifica atividade neuronal essencial para memorização

Pesquisa identifica atividade neuronal essencial para memorização

Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes

Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes

Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola

Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola

Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes
Ver

Câncer: segunda causa de morte entre crianças e adolescentes

O câncer é a segunda causa de morte entre crianças e adolescentes de um a 19 anos no país, atrás apenas das mortes por acidente. Entre as doenças, é a que mais mata nesta faixa etária. Para 2019, são esperados mais 12,5 mil novos casos. A boa notícia, entretanto, é que, em crianças, o potencial de cura é ainda mais alto do que nos adultos, devido ao tipo de células que atingem. As chances de cura são de 80%. No Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado hoje (23) e criado há 10 anos para conscientizar sobre a doença, a chefe da pediatria do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Sima Ferman, ...
Continue lendo
Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola
Ver

Começa hoje o prazo para aderir ao programa Saúde na Escola

Gestores municipais de saúde e de educação deverão indicar as escolas públicas para participar do novo ciclo do Programa Saúde na Escola (PSE). O prazo para que isso seja feito começa hoje (19) e vai até o dia 15 de fevereiro de 2019. As escolas credenciadas deverão desenvolver 12 ações envolvendo temas como incentivo à atividade física, combate ao Aedes egypti, prevenção de violência e acidentes, verificação e atualização da situação vacinal. Cada centro de ensino deverá desenvolver ações levando em consideração o nível de ensino, as demandas da escola e do território no qual está localizada...
Continue lendo
Confederação Nacional dos Municípios pede manutenção do Mais Médicos
Ver

Confederação Nacional dos Municípios pede manutenção do Mais Médicos

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, divulgou hoje (15) nota na qual ressalta a preocupação dos prefeitos das cidades com menos de 20 mil habitantes com a saída dos 8,5 mil profissionais cubanos que atuam no programa Mais Médicos. A entidade alerta que é preciso substituí-los sob o risco de mais de 28 milhões de pessoas ficarem desassistidas. “A presente situação é de extrema preocupação, podendo levar a estado de calamidade pública, e exige superação em curto prazo”, diz a nota. “Acreditamos que o governo federal e o de transição encontrarão as condiçõ...
Continue lendo